Impotência Tem Cura


A Impotência sexual é a dificuldade do homem em obter ou manter uma ereção. Não conseguir manter uma ereção é normal de vez em quando, mas se isso ocorre, frequentemente, pode ser que haja algo de errado no corpo ou na mente. A disfunção erétil ou impotência sexual pode acontecer em qualquer idade e por diversas razões: física, psíquica ou por causa do tipo de vida que se leva.

Representando a impotencia

Quando excitado o pênis, o tamanho e diâmetro do pênis aumenta o tamanho. Isso acontece, porque quando excitado fluxo dos vasos sanguíneos no pênis aumenta devido ao funcionamento dos nervos que agem no corpo. Depois de terminada a ejaculação e a excitação sexual, o sangue volta a ser drenado e o pênis volta a forma original. O pênis, também, pode enrijecer por causa de algum reflexo.

Causas para a disfunção erétil

Fumar, doenças na próstata, doenças cardiovasculares, fratura no pênis, uso de drogas e álcool, obesidade, remédios para hipertensos, antidepressivos e antipsicóticos, depressão, traumas, medo, insatisfação, doenças crônicas, diminuição na libido, problemas hormonais, fibrose, cistos, tumores, doenças neurológicas, cirurgias, radioterapia, colesterol alto, lesões na coluna, sedentarismo, ansiedade, estresse, priapismo.

Onde procurar ajuda?

Se o indivíduo percebe dificuldade em realizar o ato sexual, ele deve procurar um urologista, que é, o médico especialista nisso para ter um diagnóstico conciso. O urologista faz perguntas sobre a vida sexual e a saúde em geral do paciente. Depois é feita uma análise física que possa, talvez, indicar uma causa. E, por último, são feitos exames clínicos mais detalhados. Aí, ele poderá definir a melhor opção de tratamento.

Sinais da disfunção

  • Dificuldade para conseguir ou manter ereção.
  • Ereção mais flácida.
  • Redução no tamanho do pênis.
  • Demora para conseguir uma ereção.
  • Dificuldade para penetração em certas posições.
  • Mais esforço e concentração na ereção
  • Diminuição de pelos no corpo.
  • Ejaculação mais rápida que o normal.
  • Deformações no pênis.

Tem cura?

Sim, ela tem cura. Existem muitos tratamentos para as várias causas para impotência. Mesmo, quando a causa que leva a impotência não pode ser curada, elas podem ser tratadas e controladas, trazendo de volta a capacidade da ereção.

O tratamento pode ser feito através de terapia sexual, de medicamentos por via oral, injeções no local ou cirurgia de implante de prótese peniana. Vale também a busca por tratamentos naturais para ajudar e acelerar o tratamento.

Suplementos

Os remédios utilizados para tratar a impotência sexual mais conhecidos são: o Viagra, o Levitra e o Cialis. Eles aumentam o fluxo sanguíneo que é necessário para que ocorra ereção. Essas medicações ajudam mais aqueles que tem disfunção por motivos psicológicos. A injeção aplicada no pênis dilata os vasos sanguíneos para o melhor fluxo de sangue e, é, usada em pessoas diabéticas. Na cirurgia para disfunção erétil é colocada uma prótese peniana.

Elas são feitas de silicone e dão rigidez ao pênis para a penetração. Outros tratamentos são a terapia de casal, mudança de alimentação, exercícios pélvicos, a cirurgia arterial, a mudança de hábitos negativos do dia-a-dia, com terapia, bomba de vácuo, terapia intra-uretral e o tratamento por meios naturais.

Obs1.: Dormir mal prejudica o desempenho sexual, pois a qualidade do sono afeta todo o nosso organismo. Quando se dorme mal as energias não são restauradas para o dia seguinte.
Obs2.: Um homem que perde os testículos pode ter ereção, pois isso não causa impotência. Apesar da falta deles, é possível ter uma ereção como qualquer outro homem que ainda possui os testículos.

A maioria dos homens, tendem a ter mais dificuldade de falar sobre o assunto por se sentirem exposto. O assunto é ainda um tabu para os homens.